The wind and the way

Publicado: 25/11/2011 em Uncategorized

Eu vi o vento passar por mim enquanto andava pelo caminho. Vento bonito a deitar flores e folhagens, sacudia a poeira de meus passos, me tocava o rosto como carinho antigo e me empurrava adiante no afã de continuar. O vento é ar em movimento, ir de um lugar ao outro é de sua intrínseca natureza. Então, quem conhecerá melhor os caminhos senão esse ar viajante? Quem conhece melhor esses prados de verdes e outras cores senão esse fluxo de atmosfera? Quem poderá ter acompanhado mais cada peregrino senão o vento que lhes tocou um dia as almas e os trouxe num sopro até aqui?

O vento sabe os caminhos. O vento abre os caminhos. O vento faz-se caminho.

.

Anúncios
comentários
  1. Luna disse:

    underneath my being is a road that disappeared

o que você pensa sobre?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s