Identidade

Publicado: 13/11/2011 em Uncategorized

Kiser Barnes é um dos homens mais adoráveis que já conheci na vida. Tentem imaginar um homem negro, da cor de uma jabuticaba, com seus prováveis dois metros de altura e mais de cem quilos, cujo sorriso de dentes alvíssimos derrama para fora do corpo um amor que só pode ser oriundo de uma alma imensurável em tamanho, porém sem peso algum. Em pé, diante de um auditório cativo, falou por uma hora consecutiva sobre a importância do desenvolvimento de uma identidade espiritual. A complexidade do tema, entretanto, compartilhada de uma forma tão doce, ao passo que enérgica, bem poderia fazer com que eu e todos os presentes continuássemos ali, encantados com este homem por tantas horas quanto as que ele quisesse usar para continuar nos brindando com suas palavras.

Há muitas coisas que aqui poderiam ser partilhadas de tudo o que ele disse. Todas as coisas. Mas certamente me faltarão palavras adequadas e, ainda que elas me viessem na ponta dos dedos, faltaria este homem de pé, gesticulando e rindo com as histórias que contava para explicitar seu argumento. Separei, então, algo que me pareceu ir direto ao meu encontro.

Mr. Barnes falou sobre “os fios do tecido que compõem a identidade humana”. Demonstrou como o homem, em busca de identificação, toma para si, consciente ou inconscientemente, fios de diversas naturezas para costurar a roupa que vestirá e que permitirá a ele, e aos outros, identificar a si mesmo. Os fios estão em tudo: há fios que vêm dos pais e da família; há outros coletados das expressões culturais como a língua, a música, as artes em geral, o folclore, a tradição, a culinária, a arquitetura; há fios que vêm da profissão, dos grupos com os quais um indivíduo se relaciona em seus afazeres diários; há outros ainda que vêm dos mais diferentes hobbies, esportes, coleções, clubes; e há todos os fios de identificação intelectual.

Em geral, o que chamamos de identidade é a trama de todos esses fios, como uma colcha de retalhos. O que ele nos instigou a fazer é refletir sobre que fios compõem nossa identidade, quantos tipos diferentes a compõem, que tipos são mais predominantes do que outros, e com essa reflexão em mãos, enfim fazermos a escolha consciente da identidade que queremos para nós. Descosturar a roupa e refazê-la nova com os fios desejáveis, deixando de lado aqueles que não mais nos embelezam.

Foi nesse ponto que o palestrante introduziu a questão da espiritualidade como um conjunto de fios que tem sido deixado de lado na roupa dos povos do mundo. E além disso, como a expressão de beleza dessa trama têxtil desejável está na maneira como um indivíduo identifica a si mesmo com uma causa que soergue-se acima dos pequenos limites do ego e se coloca ao plano do ideal planetário. Como a expressão de uma identidade absolutamente diversa, imbuída de uma espiritualidade movida em ação, conecta os seres humanos em uma real (e não ilusória ou utópica) família unida e global.

Falou-nos da urgência de nos identificarmos com esse ideal. De sermos cidadãos preocupados com o bem estar da humanidade. E de escolhermos os fios de nossa roupa de acordo com esse ideal. Fios que demonstrem a diversidade humana, mas que permitam a cada um participar ativamente do processo de construção de uma nova civilização.

.

Creio, mais que o tema, nunca me esquecerei do som da risada deste senhor. Kiser Barnes. Que homem adorável!

Anúncios
comentários
  1. Tentando escolher novos fios

  2. Que torrente maravilhosa de vivências, aprendizados, descobertas e imersão nas dimensões mais sutis, verdadeiras e perenes do Ser!!!!! Uma torrente que você, generosamente, está traduzindo e transcrevendo nesses textos.

    A cada texto, sou transportado para a Terra Santa, para aqueles Lugares Sagrados, para aquelas presenças abençoadas…. só posso agradecer!

    (Aproveito para pedir que você leia, com urgência, a mensagem que lhe enviei via FB)

  3. Ive Carolina disse:

    Obrigado por me oportunizar a reflexão!!!

o que você pensa sobre?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s